sexta-feira, janeiro 18, 2008

O afogamento de Elzon

Públicação da íntegra do comentário postado na reportagem "Proteção ao Banhistas", por Esaú Mendes. Aproveitamos a oportunidade para agradecer o Jornal "A TRIBUNA - Costa do Cacau" pela parceria e publicidade dispensada ao assunto.

..................................................................................................
O Comentário de um amigo

O Elzon era um grande amigo de quase duas décadas. Coincidentemete nos reencontramos após seu casamento (ocorido no último dia 17/12) na Praia dos Milionários, por volta das 13:20h do dia 31. Logo depois de nos despedirmos e marcarmos para passarmos a virada do ano juntos, com sua esposa (Emanuelle) outros amigos, veio a tragédia. Tremendo desespero e frustação tomou contade todos nós, pois acompanhhamos todo aquele drama de perto com a Manu.Quero registrar o incessante esforço do pessoal do resgate para tentar reanimá-lo. Lutaram ininterruptamente e bravamente até a chegada da ambulância com o médico e outros equepipamentos. Apesar de estar tomado pelo desespero percebi que com a chegada do médico que nada mais poderia ser feito, era mesmo o fim de uma preciosa vida. Talvez se um "desfribilador" estivesse chegado ao local um pouco mais cedo, essa triste história teria um outro fim...Quero só registrar mais uma vez (já que esse Blog o fez), que o Elzon realmente teve uma atitude de herói. Mesmo queixando-se de uma forte dor causada por uma tendinite na mão direita, se atirou ao mar para salvar pessoas que ele nunva havia visto, conseguindo ajudar tirá-las do mar. Infelizmente esse ato ceifou-lhe a vida, mas seu exemplo será eterno. Tenho certeza que o Elzon, um conquistense quase anônimo (pois era um empresário conhecido de muitos em Conquista), honrou sua terra natal e a todos que o conhecia com seu ato de bravura. Não tenho dúvidas, ele está com Deus!Agradeço a atenção.

Agradeço a atenção,
Esaú Mendes -Vitória da Conquista - Ba
16/1/08

Um comentário:

Sargento Hafner disse...

1º - Entre no mar somente durante o dia e em locais assistidos por salva-vidas.

2º - À noite, não há salva-vidas para zelar pela segurança do banhista, e as pessoas não conseguem identificar as condições do local onde estão entrando na água. Por isso, não entre no mar nesse horário.

3º - Não faça das pedras um trampolim. O local pode ter uma profundidade muito pequena e você pode ser vítima de um grave acidente.

4º - Não entre em locais de prática de esportes aquáticos ou de entrada e saída de embarcações.

5º - Após as refeições, aguarde pelo menos duas horas antes de voltar para o mar, assim evitará uma possível congestão.

6º - Tenha muito cuidado com as crianças na praia. Não as perca de vista, pois elas costumam se perder facilmente dos pais.

7º - Lembre-se: as crianças se afogam em profundidades menores, aparentemente seguras para os adultos.

8º - Se você não é surfista, não entre na água sozinho com uma prancha. Aprenda antes as técnicas com um veterano.

9º - Após ingerir bebidas alcoólicas não entre na água. Se o seu amigo, familiar ou mesmo um desconhecido proceder desta forma, informe imediatamente o salva-vidas.

10º - Se avistar alguém se afogando, chame o salva-vidas. Não tente salvar a vítima, você pode ser mais uma.

11º - Não faça brincadeiras irresponsáveis na água, pois essa brincadeira pode ferir outras pessoas ou você mesmo.

12º - Se estiver brincando com uma bola e ela for levada pela correnteza, não vá atrás, você pode não conseguir voltar.

13º - Lembre-se sempre “Água no umbigo, sinal de perigo”.
ü Se você for pego por uma corrente marítima, procure nadar no sentido diagonal - através dela - até conseguir escapar.

14º - Se não conseguir sair da corrente, faça sinais e grite, pedindo socorro.

15º - Não simule ter necessidade de socorro, e não tire a atenção do salva-vidas de seu serviço de observação.

16º - Em caso de emergências, ligue 193 para atendimento pelo Corpo de Bombeiros.

Primeiro Sargento BM HAFNER
5º Grupamento de Bombeiro Militar
Ilhéus - Bahia