segunda-feira, novembro 26, 2007

A Ponte Ilhéus-Pontal é segura?

ALERTA!



" Acorda Meu Povo lamenta a tragédia evitável ocorrida ontem, dia 25 de novembro de 2007 na Fonte Nova. Manifestamos pesar pelo óbvio e negligente acontecimento, diante do evidente comparecimento da grande torcida do Esporte Clube Bahia, num de seus momentos de glória. Feriu nossa dignidade, quando o abandono de pessoas como qualquer um de nós, tiveram o fim da vida numa partida de futebol."

Diante desse estado de coisas, perguntamos:

A Ponte Ilhéus-Pontal é segura ?


Quando somos surpreendidos com uma tragédia como a da Fonte Nova, primeiramente sofremos pelas vitimas e nos solidarizamos com os familiares e então pensamos, porque aconteceu?

Essa tragédia me remete a questão da manutenção precária de obras antigas como a Fonte Nova, inaugurada em 1951, e também da ponte Ilhéus-Pontal, de 1966. Sobre a real situação da ponte Ilhéus-Pontal fui buscar informação nos sites dos jornalistas Roberto Rabat - RC2#Press.

Roberto Rabat, noticiou diversas vezes que existem uma série de problemas na ponte:

“desobstruir os drenos para escoamento das águas pluviais, taparem os buracos da calçada e pista, consertarem os corrimões reporem os quatro postes de iluminação, arrancarem os arbustivos das laterais, desentupir o “bueiro” do lado do centro,etc”. No site você pode ver as fotos.

O jornalista Vila Nova também noticiou: "Deve-se ressaltar que é uma grande obra, representação dos tempos áureos do cacau, porém ninguém sabe qual é a real situação da infra -estrutura”. O descaso é visível, o parapeito do lado esquerdo sentido centro-pontal está quebrado, além de balançar quando existe muito movimento. Vila Nova acrescentou ainda, que é indiscutível que a obra foi bem feita pois se passaram tantos anos sem nenhuma manutenção, porém não tem obra bem feita se não existir manutenção, “está na hora de ver o estado físico da ponte, de ter um acompanhamento técnico, para a segurança da população”.

Tragédias muitas vezes são anunciadas, quando ocorrem por um estado de incompetência, envolvendo negligência dos órgãos competentes e passividade da sociedade como um todo.. Agora é provável a demolição da Fonte Nova e construção de um grande estádio a favor da imagem da Copa 2014 e como forma de recuperar a Bahia e o Brasil do impacto desta triste tragédia. Só agora!

A Ilhéus – Pontal pode como atestou as autoridades regionais competentes não oferece riscos de desabamento e eu ainda confio, mas sabemos que já apresenta muitos problemas, oferece risco ao pedestre e aos veículos, tem buracos na pista e corrimões quebrados, está quase sem iluminação e é bastante insegura, sobretudo em caso de colisões. Todo final de ano ela é colocada a prova e diante do grande e crescente tráfego,eu, particularmente, me sinto apreensivo.

A Lei diz que uma obra após vinte anos tem de ter manutenção. A reforma ou construção de uma ponte nova no mesmo local não pode sair da pauta.



Pontes caem! Relembrando, em maio 2005 caiu na Régis Bittencourt (BR-116), que liga Paraná a São Paulo - um caminhoneiro morto; em agosto de 2007, sete morreram com a queda da ponte sobre o rio Mississipe, em Minneapolis, nos Estados Unidos; em 01 de setembro desse ano outra ponte desaba em Karachi, no Paquistão, deixando seis mortos e na China, em Hunan, mais de cinquenta mortos no desabamento de uma ponte em construção

Ora, a questão de pontes em Ilhéus é séria. Não dá hoje pra sonhar com novas grandes obras em Ilhéus sem a manutenção da ponte Ilhéus-Pontal. O problema é de manutenção, é de readequação dessa ponte aos novos tempos de tráfego intenso. E não só ela, a Passarela da Barra – São Miguel também tem problemas e a Ponte do Fundão, como sei, e segundo comentário de Roberto Rabat “é com enorme indignação que todos os dias tráfego pela "ponte do fundão" e testemunho a situação se agravar a cada dia sem que o ... de incompetência. Será necessário acontecer um acidente em grande proporção...”.

A solução para a ponte Ilhéus-Pontal depende também de outras ações como a construção do anel rodoviário, uma obra estratégica para Ilhéus, já que esta ponte canaliza todo o tráfego para o litoral sul de Ilhéus. Mas a questão urgente é decidir o que deve ser feito com a Ponte Ilhéus-Pontal hoje e não esquecer que a ponte do Fundão e a Passarela Barra-São Miguel também não podem sair da pauta. Estamos atentos e preocupados.

Um comentário:

ANDREA disse...

PARABÉNS PAULO PAIVA, POR ESSA INICIATIVA DE ACORDAR AS PESSOAS PARA ESSE PROBLEMAS EXISTENTES EM ILHÉUS. É MUITO CORAJOSA, POIS NÓS SABEMOS QUE TUDO O QUE ENVOLVE AMBIENTALISMO HOJE É MODA OU APENAS MEIO DE ALGUÉM SAIR BEM NA FOTO. E VC SABE QUE ESSE TIPO DE ASSUNTO MEXE COM COM OS BRIOS DE MUITA GENTE "IMPORTANTE", QUE SE SENTE OS DONOS DO MUNDO. E QUE PENSAM QUE AS COISAS NATUREZA SÃO "PROPRIEDADES PARTICULARES" E PODEM SER DESTRUIDAS POR PURA PIRRAÇA. ILHÉUS É UMA CIDADE LINDA, MAS ESTÁ DOENTE PRECISANDO DE AJUDA.