sábado, outubro 02, 2010

ELEIÇÕES 2010

ACORDA MEU POVO !
DEPENDE DE NÓS O FUTURO QUE VAMOS TER.

por Paulo Paiva, artigo dedicado à memória de Enéas Ferreira Carneiro, deputado federal mais votado da história do Brasil com 1,5 milhões de votos. "Meu nome é Enéas !"

Opção pela igualdade É 50
Salário, trabalho e terra É 29
A onda verde É 43
Renova Brasil É 28
Contra nurguês vote 16
Construindo uma nação livre, justa e solidária É 27
O Brasil pode mais É 45
Pelo poder popular rumo ao socialismo
Para o Brasil seguir mudando É 13

Ano sim e ano não, nesse país tem eleição, e quase não dá tempo de governar e cumprir o que se promete. E como o tempo é mesmo escasso, inaugurou-se então um atalho, a reeleição, que já virou moda no país inteiro.
.
Esse ano são nove candidatos a presidência. Descubra quem são eles e quem são elas, as siglas com candidato, pois se for contar todas a gente se perde de vez. Dos candidatos aptos, duas são mulheres (Dilma Rousseff do Partido dos Trabalhadores - PT e Marina Silva do Partido Verde - PV), quatros são Josés (José Levy Fidelix do Partido Renovador Trabalhista Brasileiro -PRTB / José Maria de Almeida do Partido Socialista dos Trabalhadores Unificados- PSTU / José Maria Eymael do Partido Social Democrata Cristão - PSDC, / José Serra do Partido da Social Democracia Brasileira - PSDB), os outros três são o Rui Costa Pimenta do Partido da Causa Operária - PCO, o Ivan Martins Pinheiro do Partido Comunista Brasileiro - PCB e o nosso contestador Plínio Arruda Sampaio do Partido Socialismo e Liberdade, o PSOL, que já ganhou como a sigla de quatro letras mais bonita.
.
É muito candidato pra pouco tempo - teste sua memória identificando voce mesmo quem é quem nas fotos ! Na Bahia faltaram 9 para alcançarmos a expressiva marca dos mil candidatos. São 07 para governador, 11 para senador, 280 para deputado federal e 692 deputado estadual. Os candidatos a governar o estado são 07: Carlos Nascimento, Geddel Vieira Lima, Jaques Wagner, Luis Carlos Bussuma, Marco Mendes, Paulo Souto e Sandro S. Bárbara.
.
Mas vamos falar de intimidades eleitorais apenas no plano federal, onde duas mulheres, duas feras, colocadas em oposição, candidataram-se ao plano mais alto do comando de um dos maiores países do mundo. Uma está assentada na situação, e a outra ousa conclamar o povo para a modernidade, e inaugura uma nova postura estadista nas campanhas políticas daqui.
.
No geral, essa foi uma campanha como de costume, com pouca transparencia e muito barulho Áudio e Visual. Na TV, a salvação do país que não lê deu muito tempo para Dilma e José Serra, deixando Marina com um nó na garganta, pois cada vez que aparecia conquistava imediatamente milhares de novos votos. Os demais, sem chance de apresentar planos, apresentaram "frases de governo". Mais tempo na telinha é uma big vantagem no país da TV, que o diga, o Plínio PSOL, que saiu definitivamente do anonimato, e com super objetividade de ideias, ainda dispensou 25 segundos globais no último debate.




Foi uma campanha sem graça, mas acabou quando estava ficando boa, afinal, precisamos de mais tempo para assimilar tantos candidatos, tantos números e promessas, currículos e fichas. Mas acabou, acabou ! É hoje o dia da proclamação dos vitoriosos, numa festa que, mesmo obrigados, festejamos com alegria, excetuando-se mesários e varredores de ruas. Na urna, além do óbvio, milagres podem acontecer com o voto secreto, afinal quem não tem vontade de se livrar de algum candidato amaldiçoado, tambpem o IBOPE nunca entrevistou ninguém que eu conheça.
.
Essa eleição tem um nome que tem a força do PT, a Dilma, face mulher do poder do Lula super aprovado pelo povão. Uma unanimidade que lhe dar poderes extraordinários como transformar a figura de Rousseff, que não tem, nem no nome, empatia com o eleitor pobre e sem escolaridade do Lula. Mas ela veio para ganhar com uma super produção, super textos - como aquele do crack, e uma composição perfeita de personagem, concebida com rigores técnicos em fonoaudiologia, expressão, gestualismo, fotografia e direção cinematografica para transmitir serenidade, sensibilidade, amenizando sua postura pragmática e austera.
.
.
Lula virou simbolo nacional e astro de filme, e vejam só, o filme que o Brasil vai mandar para concorrer ao Oscar é o filme da vida dele; o mesmo Lula que nove anos atrás seria motivo de piada se alguem afirmasse que ele seria nosso próximo presidente. A grande maioria achava que um operário nordestino jamais poderia substituir um Fernando Henrique. E quem se lembra como agente falava bem de Fernando Henrique?, o presidente que inaugurou a estabilidade econômica que desembocou nos investimentos do governo Lula. Agente precisa entender a administração pública como uma série de programas continuados e sob o comando do povo.
.
A Dilma discursa com intelegência um Brasil do presente numa visão imediatista, que nos deixa pouco a questionar diante dos desafios urgentes de nossa sociedade em todas as áreas. O PAC é o peixe maior, alavancando promessas e números, que não se podem prometer por certo, e que já está mais do que claro, que não dá pra fazer em 04 anos. Estamos diante da ideia de "novos ricos" pretenciosos", se não fosse o Plínio para cortar o barato petista ao dizer que tudo isso é pouquinho, remendo, não temos o dinheiro necessário, e estamos muito atrasados.

O "eu fiz" e o promessômetro esteve em alta com Dilma e Serra, e pode apostar, parecem videntes em imaginarem exatamente o que vão fazer em quatro anos, como se agente vivesse num mundo sem dinâmicas, sem flutuações, num universo estreitamente cartesiano. São tantos números que ela própria se confundiu no debate global ao afirmar que investiu 40 bilhões em saneamento. O PAC, Minha Casa Minha Vida, tudo está atrasado, não dá para enquadrar as necessidades do país, nem do povo e nem da natureza com as urgencias eleitorais.
.
No final das contas, grandes obras estão sendo usadas para confirmar três períodos administrativos, no primeiro, a promessa, no segundo, o início das obras que, se inauguradas são plataforma para o terceiro mandato.
.
E o nosso Serra? candidato com mais experiência, e que vence onde o Brasil é mais rico e escolarizado ! Só tristeza; o pior discurso de campanha. Essa coisa de "vou aumentar o salário" não dá pra acreditar... O brasileiro já sabe que agente faz o que pode e não o que queremos fazer - o Real ensinou isso. Serra divide, descontinua boas ideias e faz afirmações perigosas, sinalizando para a instabilidade. Não fêz campanha, fêz ficção; chegou corajoso mas carente, abandonado, sem Aércio, sem Fernando Henrique.
.
Eu esperava que soubesse mostrar ao Brasil, que apesar do bom governo de Lula, só conseguimos investir realmente no atual mandato, e isto é fruto de um processo político continuado, Collor - Itamar - Fernando Henrique, e agora estamos começando a colher bons frutos. Lula fêz um grande governo para o processo de desenvolvimento do Brasil, e substituí-lo requer uma nova liderança que olhe para frente, corrija os desvios da ância de progresso a qualquer custo, mas jamais alguém que olhe pra trás, e queira repetir erros de postura política.

A novidade da campanha 2010 é ver Marina Silva com um discurso avançado, firme, mostrando que é, intelectualmente, mais preparada. Ela fala como nós, estudantes, pesquisadores, técnicos, gestores, empreendedores, religiosos, militantes sociais e das mudanças globais. Marina é protestante mas ilumina o ecumenismo, e é mais que o PV (que acabou de renascer), e por isso será a mais votada em centenas de universidades, demsntrando que o Brasil já está mudando. Ela empata com Dilma e Serra onde os eleitores se educaram melhor, mas o efeito inebriante da popularidade Lula somada à mídia faz os brasileiros mais pobres se identificarem mais com Dilma que com uma ex-seringueira também "da Silva".
.
Não dá para terminar esse artigo sem falar de mais 01 dos 04 Josés, aquele que promete legalizar a maconha, e olhe, mostrou lucidez, e deu uma aula. Inspirado no sentimento de esquerda de verdade, de independencia, de oposição implacável, Plínio deu clima às eleições. Alguns de seus depoimentos são "Déjà Vu" do PT de outros tempos. Que bom que teve ele para lembrar que o Brasil é um país de ricos e pobres, consolidando-se assim o mais "do contra" de todos os candidatos, conquistando, inclusive, o apoio de nosso "SuperMegaAtor" Capitão Nascimento Wagner Moura, que acabou de receber a patente de comandante. É como ele diz, o PSOL é diferente, eu também achei.
.
Vou votar em poucas horas sem meu título de eleitor (Ah Rah Rah, extinguiram !) e espero, que no final das contas, a raposa e as galinhas não dividam a mesa suíte, e que a unanimidade, seja partida no meio como uma bunda, e repartida na mais completa diversidade num eterno diálogo sobre o nosso destino. Hoje quero votar desejando que a política mude, saia da era da troca do saco de cimento, ou de casa-comida-água tratada-internet, como seja, em troca de voto. O voto é muito mais, é a nossa senha para exigirmos as explicações que necessitamos e para discutirmos o que a atualidade das coisas exige que seja discutido.
.
Meu voto declarado é Marina Silva por uma profunda afinidade com seu pensamento; eu votaria nela para governar o planeta. Mas meu voto é também de protesto contra o encaminhamento do PAC e da forma como o governo planeja o uso dos recursos e a ocupação do espaço sem um planejamento ambiental participativo e legítimo. Tenho certeza, que se investirmos em educação, novos estadistas como Marina trarão a verdadeira revolução cultural que o Brasil precisa para entrar para o primeiro mundo fazendo diferença na nova ordem mundial.
.
Enquanto aguardamos a definição das urnas vamos acreditar que venceremos a ignorancia a todo custo, como pregou o nosso Doutor Enéas, e para não esquecer que esse é um país sério e com imensos desafios, perceba quão grandes são esses desafios assistindo o VT "Pior que tá não fica" da campanha de Tiririca para Deputado Federal pelo PR.

2 comentários:

Anônimo disse...

PAULO PAIVA DISSE:

VENDO O RESULTADO DA ELEIÇÃO, E FELIZ POR SER UM DOS VINTE MILHÕES DE BRASILEIROS QUE OUVIRAM MARINA, EU NÃO PODERIA DEIXAR DE ACRESCENTAR ESSE COMENTÁRIO:

Tiririca (PR) foi o candidato a deputado federal mais votado do Brasil nas eleições 2010.

Francisco Everardo Oliveira Silva, nome de batismo do palhaço cearense, de 45 anos, teve mais de um milhão de votos. Em toda a história, o deputado mis votado foi Eneás, do Prona, com 1,5 milhão.

Paulo Paiva disse...

Perícia indica que declaração de Tiririca foi forjada
O laudo sobre a habilidade de escrita do deputado federal eleito Francisco Everardo Oliveira Silva, o Tiririca (PR-SP), campeão de votos para a Câmara, demonstrou que, aparentemente, a declaração de próprio punho por ele entregue ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) foi escrita por outra pessoa.

No documento, as peritas criminais Gláucia Fabíola Costella Tacla e Morgana Manzi Lopes constataram um 'artificialismo gráfico' na construção das frases. A perícia 'observou a presença de punho escritor mais evoluído na formação de determinados trechos de vocábulos', diz a avaliação. 'Tal fato permitiu constatar que o autor dos manuscritos possui uma habilidade gráfica maior do que aquela que ele objetivou registrar ao longo do texto da declaração'.